Em VOCÊ SABIA?

A IMPORTÂNCIA DO DESCANSO

Assim como uma alimentação saudável e a prática esportiva são essenciais para manter nossa saúde física, mental e emocional em dia, o descanso também é imprescindível para a conquista de uma melhor qualidade de vida. Seja aquela pausa para relaxar alguns minutos e depois retomar as atividades diárias, aquele final de semana onde não temos compromisso com nada ou as férias tão merecidas onde ficamos no dolce far niente, o descanso dá uma desacelerada na mente e no corpo, recarrega nossas energias e nos faz voltar ao ritmo normal com muito mais disposição e vitalidade. Mas mesmo com estas tão necessárias pausas em nossa rotina diária, nada se compara ao grande mestre dos descansos, o sono.

O sono não é apenas o desligamento do cérebro para o descanso, mas sim um estado ativo, cíclico e complexo, com profundas repercussões sobre o funcionamento do nosso corpo e mente. O sono cumpre ciclos de 90 minutos em que se alternam cinco estágios. Os momentos iniciais se caracterizam pela liberação de melatonina, que marca o início do relaxamento, a redução do ritmo cardíaco e da pressão arterial. Neste momento o sono ainda é leve, onde se pode experimentar movimentos espasmódicos de pernas e outros músculos. A medida que avançamos dormindo, o movimento dos olhos para e as ondas cerebrais tornam-se mais lentas, o corpo esfria e os músculos começam a relaxar. Entramos então na primeira fase de sono profundo. Durante este estágio pode ser muito difícil acordar alguém, e quando isso acontece, a pessoa pode se sentir desorientada por algum tempo até recobrar plena consciência. Na segunda fase do sono profundo, o cérebro trabalha quase que exclusivamente com as ondas delta lentas, que normalmente estão associadas com o começo dos sonhos, ou seja, o descanso do cérebro das atividades do dia a dia. Se estas etapas forem muito curtas, o sono não será satisfatório, pois ambos estágios são muito importantes para nos sentirmos revigorados pela manhã.  O último estágio, conhecido como REM (Rapid Eye Movement) é aquele onde os olhos movem-se rapidamente e a atividade cerebral é similar àquela que acontece quando estamos acordados, a respiração torna-se rápida, irregular e superficial, sendo esta a fase do sono onde os sonhos são mais vívidos.

Como você pôde ver, nosso cérebro e corpo agem de maneira diferente em cada fase do sono, e cada uma delas é muito importante para que nos sintamos revigorados e plenos ao acordar. Por isso, prepare-se bem para este momento, faça ingestão de alimentos leves, não estimule muito o cérebro antes de dormir, use roupas adequadas e tenha um ambiente apropriado, onde você se sinta bem e aconchegado. Aí é só recostar a cabeça no travesseiro e ter uma boa noite de sono.

Bons sonhos! 😊

Shares 0

Comentários

Escreva aqui

Posts Recentes