Em VOCÊ SABIA?

TRANSIÇÃO PARA UMA ALIMENTAÇÃO MAIS SAUDÁVEL

 

Na última década, uma nova onda de alimentação saudável, sustentabilidade, cuidados com o planeta e consciência sobre a atual crueldade com os animais para uma alimentação onívora vem ganhando espaço e já se instalou na rotina diária de muitos brasileiros. Até quem achava que isso era uma simples moda já começou a entender a necessidade dessa mudança de hábitos, sejam os alimentares ou o comprometimento diante de novas atitudes com nosso planeta, ou os dois.

Após o “bum” dos alimentos processados, que traziam a promessa da praticidade de uma alimentação rápida e saudável, do fast food, da utilização indiscriminada de agrotóxicos (ainda uma questão seríssima na legislação brasileira) e da ingestão diária de proteína animal como fonte para uma vida saudável, os anos mostraram que este tipo de proposta alimentar causou muitos danos à saúde das pessoas, tornando-se uma preocupação mundial de saúde pública. Governos e especialistas começaram a se mobilizar em discussões e movimentos para reduzir os índices de obesidade, adulta e infantil, e de doenças causadas por este tipo de alimentação.

Mas então, como mudar hábitos alimentares tão arraigados, que muitas vezes aprendemos dentro de nossas próprias casas? Acreditamos que a transição alimentar deva respeitar a relação da pessoa com o alimento, onde a mudança deve ser um processo a ser vivido naturalmente e de maneira progressiva. Ao sentir a necessidade de melhorar a qualidade do que você come bem como a forma que você consome o alimento, vale a pena dar o primeiro passo.

Se observe, perceba como e de que maneira você se alimenta. Faça escolhas saudáveis, dando preferência a alimentos in natura, frescos e sem agrotóxicos, como frutas, verduras e legumes. Grãos integrais são mais nutritivos do que seus semelhantes ultra processados, pois são absorvidos mais lentamente pelo organismo, prolongando a sensação de saciedade. Substitua a proteína animal pela vegetal, que é encontrada em uma série de grãos, tubérculos, frutas e verduras. Cuidado com o açúcar, existem várias maneiras de substitui-lo por opções bem mais saudáveis. Quando for consumir alimentos processados, fique atento(a) à sua procedência, leia rótulos, e sempre que puder evite alimentos com conservantes.  Faça refeições coloridas e reserve um tempo para se alimentar, tenha calma e mastigue bem os alimentos, sentindo seu sabor e textura. E sempre hidrate-se bem, beba bastante água e dê preferência a sucos e bebidas naturais.

Em tempo, para uma transição alimentar segura, procure um profissional da área, ele irá ajuda-lo(a) a entender suas necessidades e formular um plano para que você faça essa transição da maneira mais adequada possível.

Se você tiver filhos, não se esqueça que nosso exemplo é muito importante para que eles apreciem e se acostumem, desde cedo, a uma alimentação natural, saudável e rica em nutrientes.

E nós, aqui na SEEdS, contribuímos para levar até você e sua família, nossos snacks e cheeZecakes veganos, 100% naturais e sem nenhum tipo de conservante, para que você leve uma vida saudável e cheia de sabor. Você vai encontrar nossos produtos em muitos pontos de venda no Brasil, é só dar uma olhada aqui no site (www.seedsbrazil.com/onde-encontrar/).

Se você mora ou está de passagem pelo Rio de Janeiro, venha nos visitar no SEEdS Café, nosso charmoso Café cheio de comidinhas e delicias saudáveis, do jeito que a gente gosta, tudo feito com muito amor e cuidado. Será um prazer recebe-lo(a) e participar da sua transição alimentar.

Shares 0

Comentários

Escreva aqui

Posts Recentes